Chá para gripe: funciona mesmo?

Sabe aquela receita caseira de avó que diz que para curar a gripe basta um chá quentinho e um pouco de repouso? Será que isso funciona mesmo? Segundo Nancy Bellei, consultora da Sociedade Brasileira de Infectologia, os chás não ajudam a combater o vírus da gripe. “Ainda não há estudos que comprovem a eficácia do chá para isso. Existe uma especulação de que algumas ervas podem ajudar com alguns sintomas, mas faltam investigações, nada foi comprovado cientificamente”, explica.

 

O pediatra Thiago Gara, do Hospital São Luiz (SP), alerta que, apesar de a bebida trazer alívio para algumas pessoas, ela não deve ser encarada como um ‘remédio’. “Não dá para dizer que o chá ajuda a tratar o processo infeccioso. Ele pode ser um aditivo, algo a mais, no processo de recuperação. Por ser uma bebida mais quente, pode trazer uma sensação de conforto e bem-estar, mas é importante lembrar que não substitui o tratamento”, diz.

 

Por isso, se seu filho apresentar cansaço, recusar alimentos, estiver com tosse, nariz irritado ou febre, o melhor a fazer é procurar um médico. Lavar as narinas com soro, repousar e tomar um analgésico — quando houver orientação do pediatra para isso, é claro — também pode ajudar. Vale lembrar que, no processo de recuperação da gripe, a hidratação é uma grande aliada. Nessa hora, os chás podem auxiliar, desde que a criança já esteja acostumada a tomá-los. “Num quadro de gripe, é importante oferecer líquidos com maior frequência. Se a criança já tem o hábito de tomar chá, ele pode ajudar. Mas é preciso ter muito cuidado com o tipo de chá que oferecemos para os pequenos”, afirma Nancy. Bebidas à base de cafeína, como o chá mate, o chá preto, por exemplo, devem ser evitados.

 

Fonte: Revista Crescer